segunda-feira, 23 de novembro de 2009

TEMOS QUE MUDAR!

Vi um post num blog que gosto muito, tá bom vou dizer de quem é: é da blogueira Danny Doo. O post mexeu muito comigo. É um assunto triste para o qual não podemos fazer vistas grossas.
Não adianta vir com o papo mané de que o mundo é assim é não podemos fazer nada... podemos e devemos fazer muita coisa.
Se queremos mudar alguma coisa; precisamos mudar a nossa cabeça e não ficar aceitando coisas impostas pela mídia e tantos outros meios. É preciso parar de copiar modelos errados.

Devemos começar a mudança a partir de nós mesmos.

Falei e disse.

10 comentários:

zeca d. disse...

Grande garota!
mandou bem.

a gente tem parar de ser falso, assumir que somos uns acomodados.
dá p/ mudar muita coisa, começando dentro de casa.

bjao

Zeca

Paulo Tamburro disse...

CARMELA,falou e disse, e estamos juntos e misturados nesta.

O que é que você espera de uma humanidade, na qual asiaticos e outros comem CACHORRO?????????

Na China, Coreia, Vietnam e por aí à fora, os caras matam e servem no meio da rua, os pobres animais.

Eu tenho uma opinião CARMELA, e não sou o dono da verdade, mas enquanto existir no ser humano essa índole de matar animais - sejam eles quais forem - para comer, este sangue ingerido irá querer sempre mais sangue, daqueles que estiverem mais disponíveis e ao alcance desta barbárie cultural!

E desculpe a exacerbação, mas é demais!

Um abração carioca, sinceramente!

Val Du disse...

Carmela,

Sim, temos que tentar, não importa se o mundo é assim ou assado, sempre dá p/ fazer alguma coisa, não importa se vamos atingir apenas uma pessoa... temos que agir.

Beijos.

nely disse...

Verdade! Você falou e disse.

Bjos

Vieira Calado disse...

Obrigado pelo seu comentário no meu blog.

Bjs

Contracena disse...

Falou bem!
Ei..., não dá p'ra meter o "link" da publicação da "Danny Doo"?.

Beijo.
Fátima.

meus instantes e momentos disse...

belo blog...
tenha um belissimo dia...
Maurizio

Daniel Costa disse...

Carmela

Seja como fôr, as pessoas de boa vontade terão de lutar sempre por um mundo melhor. Tarefa eternamente inacabada, mas que vale a nossa liberdade moral.
Nomei-te para linkar um selinho em amigos, convido com gosto a uma passagem, ok?
Beijos
Daniel

O Profeta disse...

Lembrarás tu que as manhãs
Acordam da tua luz fugidia
És esperança de perdida estrela
Quem recolhe a dor em Deus confia

Assombração que o luar esqueceu
Nas margens de um lago azul
Hoje passou a voar por mim
A última garça a caminho do sul

Era alva como a espuma do mar
Graciosa como mulher feliz
Voava de encontro ao vento
Com olhar brilhante de petiz


Bom fim de semana



Doce beijo

Carmela Alves disse...

Espero que voltem sempre.

Bjuss